sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Renascimento

"A atividade crítica (...) foi uma das características mais notáveis do movimento humanista.Uma atividade crítica voltada para a percepção da mudança,para a transformação dos costumes, das línguas e das civilizações. Uma visão, portanto, mais atenta aos aspectos de modificação e variação do que aos de permanência e de continuidade. O choque entre eese ponto de vista e dos teólogos e tradicionais, que defendiam os valores da Igreja e da cultura medieval, não poderia ser mais completo. Para esses, nenhuma mudança contava que não fosse as mudanças no interior da alma: a escolha feita por cada um entre o caminho do bem, indicado pelo clero e o do mau, aconselhado pelas forças satânicas. (...)
Os humanistas, por sua vez voltaram-se para o aqui e o agora para o mundo concreto dos seres humanos entre si e contra a natureza a fim de terem um controle maior do próprio destino." (Sevcenko, Nicolau 1994 p. 16-17).

A Itália. O berço do Renascimento:

Essa é uma expressão muito utilizada, apesar da Itália ainda não existir como nação. A região italiana estava dividida e as cidades possuíam soberania. Na verdade o renascimento desenvolveu-se em algumas cidades italianas, principalmente aquelas ligadas ao comércio.
Desde o século XIII, com a reabertura do mediterrâneo, o comércio de várias cidades italianas com o oriente intensificou-se, possibilitando importantes transformações,como a formação de uma camada burguesa enriquecida e que necessitava de reconhecimento social. O comércio comandado pela burguesia foi responsável pelo desenvolvimento urbano, e nesse sentido, responsável por um novo sentido de vida, com novas relações sociais onde os homens encontram-se mais próximos uns dos outros. Dessa forma podemos dizer que a nova mentalidade da população urbana representa a essência dessas mudanças e possibilitará a produção renascentista.
Podemos considerar ainda como fatores que promoveram o renascimento italiano, a existência de diversas obras clássicas na região, assim como a influência dos "sábios bizantinos”, homens oriundos principalmente de Constantinopla, conhecedores da língua grega e muitas vezes de obras clássicas. Referência:Nicolau Sevcenko;Discutindo A História.


OFICINA DO SABER


1º ) Frente a essa nova concepção crítica e humanista(renascimento), quais seriam as consequências para a igreja católica e seu dogmatismo?


2º) Nos dias atuais, podemos identificar as consequências do humanismo? Em que aspectos?

Dê sua opinião.


3º) Pesquise em algum site de história os principais pensadores renascentistas:


4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Achamos o blog bonito estéticamente, com diversas informações interessantes para o ramo da pesquisa e aquisição de novos conhecimentos, extremamente explicativo, cujo o texto do Renascimento exprime conceitos importantes que relatam um período histórico extremamente intrigante.

    Thiago Bueno Nogueira da Silva
    Matheus Lopes Rodrigues
    acadêmico do curso de História
    blog: http://historiagreciaantiga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Patrícia e Alexandre, muito bom o blog de vocês. As imagens são muito bonitas e a charge sobre Lutero é muito boa!!!
    vou esperar os assuntos futuros
    Henrique P Coelho

    ResponderExcluir
  4. O tema humanismo está mais do que nunca preso aos tempos contemporâneos o homem acredita somente nas matérias logicas é na ciência. Toda a vida está presa um tecnicismo violento, a natureza se tornou algo estranho ao ser humano.

    ResponderExcluir